Stakecheia

Leaderboard - KTO

Viagem no tempo

Torcedor do Paraná reproduz fotos em pontos da história do clube

Esse é um trabalho de Willian Bohlen na preservação da história do Paraná, que tem passado de fusões

PinUp-Bet

melhor site de apostas futebol
Willian Bohlen une fotos antigas e atuais de pontos da história do Paraná (Foto: Acervo pessoal)
Willian Bohlen une fotos antigas e atuais de pontos da história do Paraná (Foto: Acervo pessoal)

Willian Bohlen é fã das montagens do grupo “Curitiba de Antigamente”, do Facebook, que reúnem fotos da cidade no passado e no presente. Foi daí que, na pandemia de Covid-19, surgiu a ideia de fazer o mesmo, com pontos históricos do Paraná Clube e de seus antepassados.

Até o momento, o pesquisador percorreu seis bairros de Curitiba, produzindo fotos comparativas de ontem e hoje em estádios, sedes e prédios do time de coração e de clubes que o originaram, como Colorado, Ferroviário, Britânia, Savoia, Água Verde, Pinheiros e Palestra Itália.

Registros históricos

“Nasci e moro no bairro Água Verde, próximo a uma sede do antigo Savóia que continua em pé”, conta Willian, personal trainer de 35 anos e torcedor do Paraná. “O prédio é lindo e está igual a como era antes. Lá foram feitas minhas melhores montagens”, indica.

Dono de amplo acervo de fotos do passado paranista, Willian salvou as melhores no celular e passou a fazer registros com o mesmo ângulo. “A edição é simples, utilizei o GridArt gratuitamente e o PhotoRoom, app pago”, explica o torcedor, que conta com ajuda do irmão designer.

As imagens estão sendo publicadas em seus perfis pessoais no Facebook e no Instagram, e também nas páginas de redes sociais que administra – História do Paraná Clube, no Facebook, e Museu Paranista, no Instagram. “As artes foram bem aceitas por torcedores”, festeja.

“Nasci e moro no bairro Água Verde, próximo a uma sede do antigo Savóia que continua em pé. O prédio é lindo”. (Willian Bohlen)

  • Até o momento, o pesquisador percorreu seis bairros de Curitiba (Foto: Acervo pessoal)
  • Até o momento, o pesquisador percorreu seis bairros de Curitiba (Foto: Acervo pessoal)
  • Até o momento, o pesquisador percorreu seis bairros de Curitiba (Foto: Acervo pessoal)

História do Paraná

O Paraná, mais jovem dentre os clubes de massa do futebol brasileiro, fundado em 1989, é o time que atravessou o maior número de fusões, incorporações e mudanças de nome de equipes formadoras ao longo da história, em mais de um século de trajetória. Parte do patrimônio dos antepassados se perdeu, parte foi mantida.

Atualmente, o clube segue com a Vila Capanema, herança do Ferroviário e do Colorado; com o estádio da Vila Olímpica do Boqueirão, herança do Pinheiros; a sede social da Av. Kennedy e o CT Ninho da Gralha, na cidade de Quatro Barras-PR, heranças do Água Verde e do Pinheiros.

Porém, ao longo dos anos, perdeu-se o Parque Britânia, onde ficava o estádio Paula Soares, e a sede de Tarumã do Palestra Itália. Toda essa história não é bem preservada, avalia Willian. “Infelizmente o Paraná Clube não sabe da sua real grandeza”, constata o curitibano.

“Infelizmente o Paraná Clube não sabe da sua real grandeza”. (Willian Bohlen)

  • Veja as imagens nos perfis História do Paraná Clube, no Facebook, e Museu Paranista, no Instagram (Foto: Acervo pessoal)
  • Veja as imagens nos perfis História do Paraná Clube, no Facebook, e Museu Paranista, no Instagram (Foto: Acervo pessoal)

Próximos passos

Pesquisador dedicado, Willian Bohlen foi autor do livro “Paraná Clube – 30 Anos da Fusão”, em parceria com James Skrock, e está trabalhando em outros três livros sobre o time.

Ele também é celebrado por um projeto que desenvolve camisas retrô de todos os clubes que originaram o Paraná, para comercialização entre torcedores paranistas e colecionadores, iniciativa já abordada pelo Verminosos por Futebol.

“Estou encabeçando a recuperação de um museu, em algumas salas na Vila Capanema, para a preservação das taças conquistadas ao longo dos 100 anos da história que nos envolvem”, adianta o torcedor, que possui cerca de 600 camisas do Paraná e dos clubes formadores.

Em paralelo, o projeto das fotos de ontem e de hoje não para. “Penso em fazer uma montagem na sede do Paraná na Av. Kennedy, na antiga sede do Água Verde/Pinheiros, no local onde ficava o estádio Orestes Thá e na arquibancada da antiga piscina da Vila Capanema”, lista Willian.

Com tantas fusões, não faltará história pra resgatar.

Serviço:

História do Paraná Clube, no Facebook
Museu Paranista, no Instagram

  • O projeto das montagens faz sucesso entre fãs do Paraná e pesquisadores (Foto: Acervo pessoal)
  • O projeto das montagens faz sucesso entre fãs do Paraná e pesquisadores (Foto: Acervo pessoal)
  • O projeto das montagens faz sucesso entre fãs do Paraná e pesquisadores (Foto: Acervo pessoal)
  • O projeto das montagens faz sucesso entre fãs do Paraná e pesquisadores (Foto: Acervo pessoal)

Siga o Verminosos por Futebol:
Facebook
Twitter
Instagram
Youtube

Entre em nosso canal no Telegram.

Receba nossas matérias no Whatsapp: adicione o número 85-99215.9174 e envie “oi” pra gente.

Uma resposta para “Torcedor do Paraná reproduz fotos em pontos da história do clube”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

    // TV Verminosos

    // Tags

    Compartilhe: