Verminosos por futebol




Turismo

Montevidéu divulga rota turística de futebol por estádios da cidade

A capital do Uruguai recebeu todos os jogos da primeira Copa do Mundo, em 1930

O estádio Centenário foi palco da 1ª final de Copas (Foto: Ministério do Turismo do Uruguai)
Estádio Centenário foi palco da 1ª final de Copas (Foto: Ministério do Turismo do Uruguai)

Montevidéu é uma das capitais mundiais do futebol. A cidade que recebeu todos os jogos da primeira Copa do Mundo, em 1930, respira o jogo, graças a seus vários clubes e estádios. Pois o Ministério do Turismo do Uruguai iniciou uma campanha para ampliar o turismo de futebol na capital do país, bicampeão mundial e dono de 15 títulos de Copa América.

Confira cinco pontos em que o governo uruguaio incentiva a visitação. Montevidéu oferece bem mais em seu tour de futebol, como já mostrou o jornalista Ciro Câmara em artigo para o Verminosos por Futebol, mas a lista já é um bom ponto de partida para quem vai passar pouco tempo na cidade.

O antigo estádio de Pocitos não existe mais (Foto: Ciro Câmara)
O antigo estádio de Pocitos não existe mais (Foto: Ciro Câmara)

O primeiro Gol das Copas

Uma escultura e uma placa assinalam o primeiro gol dos Mundiais, na rua Coronel Alegre, entre Silvestre Blanco e Charrúa, no bairro Pocitos. Ambos simbolizam o gol do francês Lucien Laurent, na vitória por 4 a 1 sobre o México, no estádio Pocitos, antiga casa do Peñarol, demolido em 1946. Na época do torneio, tinha somente 1.000 lugares.

Centenário conta com o Museu do Futebol (Foto: Ministério do Turismo do Uruguai)
Centenário conta com o Museu do Futebol (Foto: Ministério do Turismo do Uruguai)

Estádio Centenário

Foi construído para a organização da Copa de 1930. Além disso, sediou o Sul-Americano em 1942, 1956 e 1967, bem como a Copa América de 1995, todos vencidos pelo Uruguai. Neste estádio está o Museu do Futebol, que conta com troféus, uniformes e bandeiras. Na época do Mundial, era um gigante com 90 mil lugares; hoje, tem capacidade para 60 mil.

Site do estádio.

Gran Parque, o mais antigo estádio da América (Foto: Nacional/Divulgação)
Gran Parque, o mais antigo estádio da América (Foto: Nacional/Divulgação)

Estádio Gran Parque Central

Propriedade do Club Nacional Football, foi construído em 1900 e é o estádio mais antigo da América e o 15º do mundo. Na época da primeira Copa do Mundo, tinha capacidade para 20 mil pessoas, mas desde a última de suas reformas, em 2005, possui 26 mil lugares. O Nacional só não atua nele em grandes jogos, quando opta pelo Centenário.

Site do estádio.

Campeón del Siglo, recém-construído pelo Peñarol (Foto: Peñarol/Divulgação)
Campeón del Siglo, recém-construído pelo Peñarol (Foto: Peñarol/Divulgação)

Estádio Campeón del Siglo (Campeão do Século)

Propriedade do Club Atletico Peñarol, foi inaugurado em 2016. O nome faz referência ao prêmio da Federação Internacional de História e Estatística do Futebol, de melhor clube da América do Sul no século 20. Conta com museu, onde o visitante pode encontrar os troféus mais importantes do Penãrol. Tem capacidade para 40 mil torcedores.

Site do estádio.

Luis Franzini, a casa da 3ª força de Montevidéu (Foto: Defensor/Divulgação)
Luis Franzini, a casa da 3ª força de Montevidéu (Foto: Defensor/Divulgação)

Estádio Luis Franzini

Propriedade do Defensor Sporting, o estádio foi inaugurado em 1963 e tem capacidade para 18 mil espectadores. É palco de outros times uruguaios em jogos pela Copa Libertadores e pela Copa Sul-Americana, exceto de Nacional e Peñarol.

Site do estádio.

Serviço:

Ministério do Turismo do Uruguai – Uruguay Natural


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: