AFC

PinUp-Bet

Carrinho de compras

Projeto lança camisas retrô de times extintos do futebol cearense

Perfil que divulga camisas do futebol cearense lançou projeto de resgate da memória de times extintos: é a Coleção Mantos Alencarinos

Leaderboard - KTO

melhor site de apostas futebol
O projeto produzirá seis modelos de camisas retrô, de cinco times extintos (Foto: Mantos Alencarinos)
O projeto produzirá seis modelos de camisas retrô, de cinco times extintos (Foto: Mantos Alencarinos)

Se você coleciona camisas de times cearenses e tem vontade de possuir peças de equipes que deixaram os gramados, seus problemas acabaram. O perfil de Instagram Mantos Alencarinos lançou um projeto de resgate da memória de clubes extintos do futebol cearense.

A página vai vender, sob encomenda, camisas retrô de times do passado. A Coleção Mantos Alencarinos contará inicialmente com seis modelos, de cinco clubes: Orion (campeão cearense de 1930), Tramways (campeão de 1940), Gentilândia (campeão de 1956), Peñarol e Usina Ceará.

Preços das camisas

As camisas custam R$ 87 cada (mais frete), e serão produzidas em tecido dry e com escudo bordado, nos tamanhos P a GG. As encomendas podem ser realizadas ao Instagram Mantos Alencarinos. As primeiras camisas devem ser entregues aos colecionadores em janeiro.

O segundo lote será lançado em fevereiro, com camisas de mais cinco clubes extintos. “Trata-se de uma coleção de importância histórica sem precedentes. Itens valiosos que congelam as raízes da história do futebol cearense”, avalia o professor Neto Cavalcante, proprietário do Mantos Alencarinos.

“Trata-se de uma coleção de importância histórica sem precedentes”. (Neto Cavalcante)

Que página é essa?

O Mantos Alencarinos, já apresentado em matéria do Verminosos por Futebol, divulga fotos da coleção pessoal de Neto Cavalcante. Até o momento, o colecionador possui 233 camisas, de 75 times cearenses, sendo 59 profissionais dentre ativos e licenciados.

Agora, Neto vai ter mais clubes para adicionar à coleção.

Neto Cavalcante tem, possivelmente, a coleção com maior número de clubes cearenses (Foto: Reprodução)
Neto Cavalcante tem, possivelmente, a coleção com maior número de clubes cearenses (Foto: Reprodução)

Serviço:

Coleção Mantos Alencarinos – Venda de camisas retrô de times do futebol cearense

Preço: R$ 87 cada camisa (mais frete)
Encomendas: Instagram do Mantos Alencarinos (com Neto Cavalcante)

Primeiras camisas retrô lançadas:


ORION

Nome: Orion Futebol Clube
Fundação: 1929
Extinção: 1932
Títulos: Cearense de 1930 e Torneio Início de 1930 e 1931
> Foi fundado por jogadores dissidentes do Fortaleza, liderados pelos irmãos Machado (Moacir, Jandir, Juraci e Caranã), sobrinhos de Alcides Santos, fundador do Tricolor. O time ainda foi vice cearense, em 1931, mas no ano seguinte os atletas foram reintegrados ao Fortaleza, e o Orion se desfez.


TRAMWAYS

Nome: Tramways Sport Club
Fundação: 1930
Extinção: 1941
Títulos: Cearense de 1940
> Foi fundado por funcionários da Ceará Tramway Light & Power, companhia de energia elétrica que mantinha linhas de bonde em Fortaleza. Participou do primeiro jogo com iluminação artificial no estádio Presidente Vargas, em 1941, contra seu xará, o Tramways do Recife.


GENTILÂNDIA

Nome: Gentilândia Atlético Clube
Fundação: 1934
Extinção: 1968
Títulos: Cearense de 1956 e Torneio Início de 1959
> Com sede próxima ao campus do Benfica da Universidade Federal do Ceará, e por ter universitários no elenco, ficou conhecido como Clube dos Acadêmicos. Em 1957, diretores torcedores do Flamengo mudaram as cores do time, de azul e branco para vermelho e preto, o que o descaracterizou.


PEÑAROL

Nome: Peñarol Sport Club
Fundação: 1934
Extinção: 1949
Títulos: Torneio Início de 1939
> O time era formado por trabalhadores dos Correios de Fortaleza. Participou ativamente do Campeonato Cearense durante sua existência, mas um 3º lugar em 1939 foi a melhor campanha.


USINA CEARÁ

Nome: Usina Ceará Atlético Clube
Fundação: 1949
Extinção: 1964
Títulos: Torneio Início de 1954
> Clube fundado para promover atividades esportivas entre os funcionários da Indústria Têxtil Siqueira Gurgel, no bairro Otávio Bonfim, em Fortaleza. Teve um estádio próprio, o Theophilo Gurgel, hoje desativado. A cassação de mandato do deputado Moisés Pimentel, proprietário da empresa, com o início da Ditadura Militar, levou ao fechamento do time.


Siga o Verminosos por Futebol:
Instagram
Twitter
Facebook
Youtube

Tiktok

Entre em nosso canal no Telegram.

Receba nossas matérias no Whatsapp: adicione o número 85-99215.9174 e envie “oi” pra gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Tags

Compartilhe: