AFC

PinUp-Bet

Turismo

Uma visita aos dois estádios de Montevidéu separados por um muro

Arison Paulo de Oliveira conta, em artigo ao Verminosos por Futebol, como é a experiência raiz no futebol de Montevidéu, no Uruguai

Leaderboard - KTO

melhor site de apostas futebol
Os estádios do Miramar Misiones e do Central Español ficam dentro do mesmo parque onde se encontra o estádio Centenário (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
Os estádios do Central Español e do Miramar Misiones ficam no parque onde está o estádio Centenário (Foto: Arison Paulo de Oliveira)

Por Arison Paulo

Para quem gosta de visitar estádios de futebol raiz, conservados pelo tempo, um ótimo destino é o Uruguai, mais precisamente a capital Montevidéu. É uma das cidades com mais estádios no mundo – e dois deles são únicos.

Programei esta viagem ao Uruguai para setembro de 2022, no intuito de explorar a cultura futeboleira de Montevidéu. Vivenciando jogos, visitando estádios, museus de futebol, lojas especializadas, percorrendo bairros.

Cidade tranquila

Fiquei hospedado próximo à Praça Independência, onde fica o famoso monumento de Jose Artigas, na principal avenida de Montevidéu, a 18 de Julho. É uma capital muito segura, com ótimo transporte público, vasta rede hoteleira espalhada pelos bairros, e convidativa para caminhar, por ser plana.

Meu ponto de saída foi a Praça Independência, pela Avenida 18 de Julho, que se estende até o Parque Batlle, onde se localiza o grandioso Estádio Centenário. Uma boa caminhada de quase duas horas.

Dei uma volta por completo no Centenário, observando a riqueza de detalhes, e depois me encaminhei para a entrada do museu do estádio. O ingresso pode ser comprado no local.

Arison fez um tour de futebol em Montevidéu (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
Arison fez um tour de futebol em Montevidéu (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
O estádio Centenário é grandioso (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
O estádio Centenário é grandioso (Foto: Arison Paulo de Oliveira)

Belo museu de futebol

O museu é super organizado. São dois andares, com a exposição da pedra fundamental do estádio, de troféus, bolas, chuteiras, pinturas, camisas, filmes, cartazes, quadros, placas, flâmulas e muitos itens colecionáveis de futebol.

Ao fim do passeio pelo museu, o visitante pode percorrer as arquibancadas do estádio que sediou a primeira final de Copa do Mundo, em 1930. O estádio gigantesco tem arquitetura simples e rústica, com assentos nas cores azul e cinza. Uma viagem no tempo.

Depois, a gente passa pela Torre das Homenagens, acompanhado de um guia do museu. O acesso ao alto é possível por elevador. Lá de cima, uma visão privilegiada de Montevidéu.

Vizinhos curiosos

Mas o que me chamou a atenção mesmo foram dois vizinhos do Centenário. Dois estádios menores, ironicamente separados apenas por um muro. Perguntei ao guia, e ele me explicou que são os estádios do Miramar Misiones e do Central Español. Fui lá conferir.

Da Torre das Homenagens é possível ver os estádios separados por um muro (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
Da Torre das Homenagens se vê os estádios separados por um muro (Foto: Arison Paulo de Oliveira)

Rivais lado a lado

O primeiro estádio que visitei foi o Luis Mendéz Piana, do Miramar Misiones. Ao entrar pelo portão do estádio, que estava aberto, me teletransportei ao passado. Tudo muito rústico, um estádio com baixa capacidade de público.

Os poucos funcionários não se importaram com a minha presença, e circulei pelas arquibancadas fazendo fotos. Sentei um pouco e fiquei contemplando aquele momento especial, um estádio totalmente raiz que resistiu à modernidade.

  • O estádio Luis Mendéz Piana pertence ao Miramar Misiones (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Luis Mendéz Piana pertence ao Miramar Misiones (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Luis Mendéz Piana pertence ao Miramar Misiones (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Luis Mendéz Piana pertence ao Miramar Misiones (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Luis Mendéz Piana pertence ao Miramar Misiones (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Luis Mendéz Piana pertence ao Miramar Misiones (Foto: Arison Paulo de Oliveira)

Poucos minutos depois, cheguei ao Parque Palermo, do Central Español. Estádio pequeno também, no mesmo estilo da casa do Miramar Misiones. Achei um portão aberto e entrei. Chegando à arquibancada, fui notado por um funcionário do clube, que me abordou.

Fui logo falando que era brasileiro e gostava do futebol uruguaio. Foi a chave para o senhor mudar o semblante, de seriedade para um sorriso amistoso. Deixou-me à vontade para tirar fotos, conhecer as dependências do estádio, assistir a um treino das categorias de base e até me apresentou alguns jogadores.

  • O estádio Parque Palermo pertence ao Central Español (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Parque Palermo pertence ao Central Español (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Parque Palermo pertence ao Central Español (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Parque Palermo pertence ao Central Español (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Parque Palermo pertence ao Central Español (Foto: Arison Paulo de Oliveira)
  • O estádio Parque Palermo pertence ao Central Español (Foto: Arison Paulo de Oliveira)

Nesse passeio por Montevidéu, eu esperava ver um estádio gigante raiz e fui presenteado com dois estádios acanhados tão interessantes quanto.

> Arison Paulo de Oliveira, mineiro de 48 anos, mora em Belo Horizonte, é graduado em Geografia e Pós-Graduado em Antropologia, e torce para o Atlético-MG.


Siga o Verminosos por Futebol:
Instagram
Twitter
Facebook
Youtube

Tiktok

Entre em nosso canal no Telegram.

Receba nossas matérias no Whatsapp: adicione o número 85-99215.9174 e envie “oi” pra gente.

Uma resposta para “Uma visita aos dois estádios de Montevidéu separados por um muro”

  1. Excelente sugestão pra quem visita
    Montevidéu.
    Parabéns ao Arison por esse artigo desde já sugiro a participação do mesmo nos agraciando com outros trajetos de pérolas do futebol mundial
    Parabéns pelo artigo e reportagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Tags

Compartilhe: