Stakecheia

Leaderboard - KTO

Olho no lance!

Polinésia Alemã, o jogador de futebol deficiente que chuta a gol com os braços

Arlindo Bezerra, o Polinésia Alemã, é exemplo de superação, por jogar mesmo com enorme limitação

WTG-bet

PinUp-Bet

melhor site de apostas futebol
Arlindo Bezerra, o Polinésia Alemã, exibe sua habilidade com vídeos na internet (Foto: Reprodução)
Arlindo Bezerra, o Polinésia Alemã, exibe sua habilidade com vídeos na internet (Foto: Reprodução)

Arlindo nasceu sem as pernas, com somente um dedo em cada membro. E também sem as mãos – são dois dedos em cada braço. A deficiência, porém, não o impediu de fazer o que mais gosta, jogar de futebol. Para isso, ele desenvolveu uma curiosa forma de “chutar” a bola: com os braços.

Arlindo Bezerra, de 25 anos, virou um craque nos disparos a gol. Seus chutes são potentes e cheios de efeito. Difíceis de pegar mesmo para bons goleiros. Ele comprova isso em perfis de Instagram e Tiktok, onde exibe a habilidade no futebol.

Conhecido como Polinésia Alemã, Arlindo mora no povoado Sítio Andrade, no distrito de Betânia, em Croatá, cidade a 350 km de Fortaleza. E é uma das estrelas dos campeonatos transmitidos pela TV 100 Futuro – aquela que rendeu fama ao técnico Bill Morais, seu tio.

> Veja reportagem do Esporte Espetacular, da TV Globo, sobre a turma de Croatá.

Deficiência física

Os pais de Arlindo, agricultores de Croatá, não tiveram condições de fazer o pré-natal. Também não foi possível realizar tratamento médico ou fisioterápico no filho único. “Desde cedo, ele se acostumou a andar se arrastando”, conta José Albir Morais, o Cabeça de Roll-On, de 53 anos.

A família mora vizinho à Arena Repê, o campinho de terra onde ocorrem os jogos do povoado. No começo, Arlindo jogava no gol, mas com o tempo percebeu que poderia ser melhor aproveitado na linha. Os colegas permitem que ele bata na bola com os braços.

Em 2018, Arlindo passou a disputar os campeonatos do distrito de Betânia, que se tornaram conhecidos entre muitos jogadores profissionais e jornalistas. “Não é fácil, porque eu não consigo me movimentar com velocidade”, relata o jovem.

“Desde cedo, ele se acostumou a andar se arrastando”. (José Albir Morais, o Cabeça de Rolon, pai)

Assim como quase todos os colegas, Arlindo ganhou um apelido – Polinésia Alemã. Criação de Josiano Morais, seu primo, organizador dos campeonatos e narrador da TV 100 Futuro. “Não me pergunte o motivo, nem eu mesmo sei”, admite o empreendedor digital.

Arlindo Bezerra publica vídeos no Instagram e no Tiktok (Foto: Reprodução)
Arlindo Bezerra publica vídeos de chute a gol no Instagram e no Tiktok (Foto: Reprodução)

Vídeos na internet

Há algum tempo, Arlindo pode ser visto nas transmissões de jogos do povoado. Desde 2022, também é possível acompanhar o jovem em seus perfis em redes sociais. Inspirado por Luva de Pedreiro, Polinésia passou a gravar vídeos chutando a gol.

“No início eu usava um celular Samsung J7, simplezinho. Eu precisava publicar os vídeos imediatamente e apagar em seguida, por causa da memória”, relembra Arlindo, que na época utilizava uma cadeira de plástico como tripé.

O jovem fez um sacrifício e pagou R$ 1.600 num Xiaomi 10s. Muito para um filho de agricultores, que estudou até a 8ª série e recebe auxílio saúde de um salário mínimo. Um tripé foi emprestado por um parente. “Fiz uma gambiarra nele com pedaços de madeira”.

Ele joga bem mesmo

O goleiro nos vídeos é João Batista Morais, de 29 anos, seu tio. “Arlindo é bom de verdade”, garante Iguana, como é conhecido. E o cara tem moral pra elogiar: é goleiro de times de 11 cidades da região, sendo titular da seleção de Croatá.

“Recebo entre R$ 100 e R$ 250 por jogo, mais do que meu salário de vendedor ao fim do mês, e posso dizer: Arlindo é um ótimo treino pra mim”, descreve o goleiro. A cada três chutes a gol, acredite, dois vão nas redes. “Não facilito pra ele”.

“Arlindo é bom de verdade”. (João Batista Morais, o Iguana, tio)

Torcedor do Flamengo e do Real Madrid, Polinésia se diz fã de Vini Júnior. Para os colegas do povoado, o ídolo é mais terreno. “Arlindo é um exemplo de aceitação pessoal”, elogia o pai Albir. “Desde pequeno ele tá aqui no campinho jogando bola”, reforça o tio Bill. Inspirador demais.

Serviço:

Arlindo Bezerra – Polinésia Alemã
Instagram | Tiktok

Siga o Verminosos por Futebol:
Instagram
Twitter
Facebook
Youtube

Tiktok

Entre em nosso canal no Telegram.

Receba nossas matérias no Whatsapp: adicione o número 85-99215.9174 e envie “oi” pra gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

    // TV Verminosos

    // Tags

    Compartilhe: