Stakecheia

Leaderboard - KTO

Papo sério

Uma série de argumentos que colocam Pelé acima de qualquer outro

Para que os mais velhos se lembrem e para que os jovens aprendam. Uma breve apresentação do maior atleta de todos os tempos: Pelé

PinUp-Bet

melhor site de apostas futebol
Pelé, o único jogador a conquistar a Copa do Mundo três vezes (Foto: Reprodução)
Pelé, o único jogador a conquistar a Copa do Mundo três vezes (Foto: Reprodução)

De tempos a tempos, é importante ajudar a geração mais velha a lembrar-se, e educar os mais jovens sobre atletas e personalidades do passado que tiveram impacto na sua área. O nome do título pode nem sequer ser conhecido pela grande maioria dos torcedores de futebol atuais. Se ele jogasse hoje em dia, teria um reconhecimento muito extenso para qualquer tipster profissional, especialmente tão perto da Copa do Mundo de 2022. Quem ele é talvez seja melhor demonstrado pela afirmação histórica:

“O meu nome é Ronald Reagan, sou o presidente dos Estados Unidos da América. Mas não precisa se apresentar, porque todos sabem quem é Pelé.”

Possivelmente de importância ainda maior é outra opinião. Desta vez de um colega do calibre de ninguém menos que Ferenc Puskás:

“O maior jogador da história foi Di Stefano. Recuso-me a classificar Pelé como um jogador. Ele estava acima disso.”

As meras estatísticas

Vamos lembrar e mostrar a todos alguns números que podem demonstrar porque há um enorme debate sobre qual deles foi o maior de todos os tempos, Pelé ou Maradona:

• Foi incluído no livro de recordes do Guinness por ter marcado 1.279 gols, num total de 1.363 jogos.
• Antes da estreia de Norman Whiteside, foi o jogador mais jovem a aparecer numa fase final de Copa do Mundo. Contudo, ainda detém o recorde de ser o único jogador a ter participado, marcado e ganho um título em um torneio internacional, aos 17 anos.
• Ele ainda detém o recorde de ser o único jogador que ganhou três títulos da Copa do Mundo (1958, 1962 e 1970).
• Ainda detém o recorde de mais gols marcados pela seleção brasileira, com 77.
• Detém os títulos de Atleta do Século (atribuído pelo Comité Olímpico Internacional) e de Jogador do Século da Fifa.

Não é apenas futebol

Todos os acima mencionados são conhecidos em vários graus. O que não é amplamente conhecido é que o presidente do país na época, Jânio Quadros, lhe deu a designação de “Tesouro Nacional Oficial”, para evitar que fosse transferido para um dos maiores clubes de futebol europeus. Todos faziam fila para fazer ofertas para incluir Pelé nas suas listas, e ele não queria que isso acontecesse. De fato, ele só pôde jogar no New York Cosmos depois de ter se aposentado em 1974, por mais dois anos.

Também pouco divulgado ao público em geral é o fato de ele ter sido compositor musical. A sua peça mais conhecida é a trilha sonora do filme “Pelé”, lançado em 1977. Também apareceu em vários filmes e séries de televisão, como “Escape to Victory”, de 1981, ou a telenovela “Os Estranhos”, de 1969.

Depois de ter se aposentado dos campos, veio a carreira de embaixador e político. Ele recebeu numerosas nomeações diplomáticas, como por exemplo embaixador da ONU para a ecologia e o ambiente, e um mandato de três anos como ministro dos Esportes. Nessa época, aprovou legislação destinada a combater a corrupção no futebol brasileiro, que ficou conhecida como “Lei Pelé”. A rainha de Inglaterra lhe atribuiu um título honorário de cavaleiro em 1997.

Nos blogs de apostas esportivas, o debate feroz sobre quem foi o maior continua tão aceso como sempre. É uma discussão injusta, uma vez que a geração mais jovem nunca teve a oportunidade de o ver jogar. A internet na sua época não existia, enquanto que as filmagens televisivas eram limitadas, impossibilitando mostrar o que a sua presença no campo significava para todos os envolvidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

    // TV Verminosos

    // Tags

    Compartilhe: