Stakecheia

Leaderboard - KTO

Deu a louca

Garoto inglês faz incríveis miniaturas de estádios com peças de Lego

Joe Bryant ficou famoso após construir miniaturas bastante realistas de estádios da Alemanha

WTG-bet

PinUp-Bet

melhor site de apostas futebol
Joe Bryant utiliza entre 5 mil e 6 mil peças de Lego em cada miniatura de estádio (Foto: Divulgação)
Joe Bryant usa entre 5 mil e 6 mil peças de Lego em cada miniatura de estádio (Foto: Divulgação)

É um trabalho de encher os olhos. Alguns dos principais estádios de futebol da Alemanha foram reproduzidos em peças de Lego. Miniaturas incrivelmente bem feitas – obras de arte de um garoto inglês de 14 anos, Joe Bryant, admirador da arquitetura dos estádios alemães.

A diversão com Lego começou aos 6 anos, montando arquibancadas no entorno do campo de subbuteo (primo distante do futebol de botão) do pai. Aos 9, veio o primeiro estádio, a casa do Borussia Monchengladbach.

“Saí de férias e conheci torcedores alemães que eram muito legais. Eu queria construir estádios completos e achei que a Bundesliga seria perfeita para isso”, resgata Joe, sobre o início de tudo.

Quais estádios

Desde então, Joe já fez miniaturas de 16 clubes da Alemanha – de Colônia, Bayer Leverkusen, Schalke, Nurenberg, Mainz, Augsburg, Werder Bremen, Freiburg, Bochum, Hertha Berlim, Stuttgart, Dortmund, Wolfsburg, Union Berlim e Eintracht Frankfurt, além do Borussia Monchengladbach – e mais o Anderlecht, da Bélgica.

“Os torcedores alemães fazem muito barulho, muito mais do que os ingleses. Os estádios são únicos e têm características interessantes, como as torres suspensas em Colônia, os holofotes em Bremen e os suportes amarelos em Dortmund. Na Inglaterra, muitos estádios agora parecem os mesmos”, compara Joe, torcedor do Ipswich Town.

“Os estádios alemães são únicos e têm características interessantes. Na Inglaterra, muitos estádios agora parecem os mesmos”. (Joe Bryant)

leovegas
rabona
royalist-play

Como são feitos

Cada miniatura mede cerca de 1,2 m x 1 m, com 50 cm de altura. São necessárias de 5 mil a 6 mil peças. “As pessoas pensam que sou patrocinado pela Lego, mas não. Encomendamos os blocos de toda a Europa”, confidencia o garoto, morador de Crawley, cidade a 50 km de Londres. “São peças comuns, embora eu tenha que usar tijolos e placas especiais para fazer alguns detalhes”.

A montagem é minuciosa e demorada. Dedicando 1h a 2h por dia, Joe leva geralmente entre 3 e 4 semanas para concluir uma miniatura. “Ele não passa todos os dias construindo porque a escola atrapalha, junto com o jogo de futebol e o Xbox”, explica o pai, Phil Bryant, de 50 anos.

“As pessoas pensam que sou patrocinado pela Lego, mas não. Encomendamos os blocos de toda a Europa”. (Joe Bryant)

Como referência, Joe usa fotos e vídeos. “Frequentemente, os clubes gentilmente me enviam fotos, ou os torcedores tiram fotos para mim se eu pedir no Twitter. Isso significa que posso conseguir imagens atualizadas das áreas de que preciso”, agradece.

Joe Bryant é morador de Crawley, cidade a 50 km de Londres (Foto: Divulgação)
Joe Bryant é morador de Crawley, cidade a 50 km de Londres (Foto: Divulgação)

Reações divertidas

O trabalho de Joe, exibido em seus perfis no Instagram e no Twitter e também em seu canal de Youtube, é celebrado por fãs dos times homenageados. “É um alívio quando os torcedores e os clubes dizem que gostam, porque eu realmente quero fazer o meu melhor, pois é a casa deles e significa muito para eles”.

São vários feedbacks divertidos. “Lembro-me de construir o antigo Dreisamstadion, do Freiburg, e um torcedor me mandou uma mensagem dizendo que eu tinha acertado tanto que até incluí o pilar que bloqueou sua visão nos últimos 20 anos”, ri.

“Um torcedor me mandou uma mensagem dizendo que eu tinha acertado tanto que até incluí o pilar que bloqueou sua visão nos últimos 20 anos”. (Joe Bryant)

O pai de de Joe, Phil Bryant, de 50 anos, acompanha de perto o trabalho do garoto artista (Foto: Divulgação)
O pai de de Joe, Phil Bryant, de 50 anos, acompanha de perto o trabalho do garoto (Foto: Divulgação)

Peças de museu

Alguns estádios foram incorporados pelos clubes aos seus museus ou lojas. Até aqui, de Mainz, Werder Bremen, Freiburg, Bochum, Hertha Berlim, Union Berlim, Eintracht Frankfurt e Anderlecht, e futuramente de Stuttgart e Wolfsburg.

Um orgulho para Joe, já que assim as obras de arte permanecem de pé para sempre. E, eventualmente, os times ainda presenteiam o garoto com novos blocos de Lego, para reposição.

“Se ninguém quer o estádio, eu os mantenho por um tempo em casa, mas tenho que derrubá-los, porque preciso dos tijolos para construir um novo estádio. Isso é doloroso, porque é necessário muito trabalho para construí-los”, lamenta.

Legend Play

Vai virar profissão?

Tanto talento indica possíveis carreiras para a vida adulta. No momento, ele já estuda engenharia de design. “Seria legal projetar estádios, então isso pode acontecer um dia”, aspira Joe, que também sonha trabalhar para a Lego. “Isso seria incrível”.

Seja qual for o caminho profissional, a construção de miniaturas de estádios vai prosseguir. Por sinal, os estádios brasileiros favoritos do garoto são o Maracanã, Arena do Grêmio, Castelão, Mineirão e Mané Garrincha. “O Maracanã está na minha lista”, adianta Joe. Que venham eles!

Serviço:

Siga Joe Bryant (“Away Day Joe”)
Instagram | Twitter | Youtube

  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)
  • Joe Bryant mantém um canal de Youtube para divulgar seu trabalho (Foto: Divulgação)

Siga o Verminosos por Futebol:
Facebook
Twitter
Instagram
Youtube

Entre em nosso canal no Telegram.

Receba nossas matérias no Whatsapp: adicione o número 85-99215.9174 e envie “oi” pra gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

    // TV Verminosos

    // Tags

    Compartilhe: