Stakecheia

Leaderboard - KTO

Papo sério

Em tempos de distanciamento, como classificar o futebol: essencial ou dispensável?

O distanciamento social obrigou mais de 30 milhões de praticantes no Brasil a darem um tempo

PinUp-Bet

melhor site de apostas futebol
O futebol movimenta R$ 16 bilhões/ano, com 800 times profissionais e 13 mil amadores (Foto: 90min)
O futebol movimenta R$ 16 bilhões/ano, com 800 times profissionais e 13 mil amadores (Foto: 90min)

Por Sérgio Sá

Não é novidade para ninguém que estamos passando pelo período mais complicado já existente na história do esporte. O distanciamento social obrigou mais de 30 milhões de praticantes, os chamados atletas de fim de semana, a darem um tempo, sem previsão de retorno aos seus jogos.

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, o futebol movimenta R$ 16 bilhões por ano, tendo 30 milhões de praticantes (aproximadamente 16% da população total), com 800 clubes profissionais, 13 mil times amadores e 11 mil atletas federados.

Logo, não faltam amantes do esporte, que se viram sem ter como se exercitar.

Sabemos que a paixão pelo futebol é uma tradição passada de pai para filho, aqui no Brasil. Todos têm o seu time do coração, mantendo a chama do futebol sempre viva.

O futebol e sua popularidade

Como já mencionamos, o futebol tem grande popularidade, por ser um esporte em que você não precisa de grandes investimentos para iniciar a prática. Ele se popularizou em todas as esferas da população sem distinções, sendo um grande elo entre classes sociais.

Essa paixão nacional quebrou barreiras sociais e raciais a partir da década de 1930, com a Copa do Mundo de 1938, quando se popularizou com os grandes estádios e ídolos do futebol brasileiro.

A paixão que permanece sempre acesa é a maior necessidade de um jogador, além de uma boa bola de futebol e alguns amigos para que a competição inicie, em um campo improvisado ou não, o clássico jogo sempre acontece.

Futebol e saúde

Além da sua popularidade com o público, em geral, sem distinções de classe, estilo e gênero, o futebol entrega muitos benefícios a saúde de seus praticantes.

Atletas amadores, buscam essa prática para ter acesso aos benefícios da modalidade a saúde.

O futebol é considerado um exercício completo, com picos de corrida, chutes e saltos. E le pode proporcionar ao praticantes uma boa resistência física.

Além de outros benefícios como:

• Auxílio no emagrecimento
Durante um jogo, o gasto de calorias fica em torno de cerca de 250 calorias a cada 30 minutos. O futebol acelera o metabolismo, o que faz a queima de calorias durar por muitas horas após o jogo.

• Aumento de massa muscular
Durante o jogo, membros superiores e inferiores estão em constante trabalho, favorecendo o crescimento e fortalecimento dos músculos.

• Controle da pressão alta
A prática regular de futebol auxilia na circulação e no fluxo sanguíneo, com a exigência de grande movimentação durante a partida. Desta forma, este esporte previne doenças causadas pela pressão alta, como AVC ou infarto.

O esporte auxilia ainda melhorando a digestão, imunidade, respiração, e prevenindo uma série de doenças como diabetes, colesterol alto e até mesmo o câncer.

• Fortalecimento dos ossos
A perda de cálcio entre os praticantes de atividade físicas como futebol é menor, proporcionando desta forma um grande auxílio na prevenção de doenças como a osteoporose.

• Diminui as chances de estresse e depressão
A liberação de endorfina e serotonina durante a prática do futebol, os chamados hormônios do bem-estar, auxilia em doenças do trato emocional. Além de ser um esporte coletivo e de muita interação entre os jogadores, isso diminui o estresse e a tristeza, sendo um grande aliado na prevenção de distúrbios como ansiedade e depressão.

Como proceder com a flexibilização nos estádios

Alguns estados, como o do Rio de janeiro, uma das grandes capitais influentes no futebol, está com a previsão de flexibilização nos estádios. Com a intenção do retorno dos jogos com a presença de torcedores.

Liberando 1/3 da capacidade dos estádios, devendo seguir o protocolo de biossegurança, para evitar os riscos de contaminação do coronavírus.

Num momento tão delicado, um esporte que envolve emoções e libera sensações que previnem doenças emocionais, torna-se tão indispensável quanto outras especialidades, considerando que as doenças emocionais tiveram um grande aumento durante o período de pandemia e distanciamento.

Ainda sem data prevista, esperamos que o retorno seja controlado, para que todos possam torcer com segurança, mantendo a saúde e o calendário do esporte em dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

    // TV Verminosos

    // Tags

    Compartilhe: