https://apostasfc.com/melhores-casas/?utm_source=verminosos&utm_medium=galerabet&utm_campaign=sitiosexternos

Viagem no tempo

40 anos do jogo 1.000 de Pelé no Santos

Foi o apagar das luzes para uma nova era no futebol cearense. Pena que o Castelão ainda não estava pronto, […]

O destino foi pródigo ao reservar justo para Fortaleza o jogo mil de Pelé pelo Santos
O destino foi pródigo ao reservar justo para Fortaleza o jogo mil de Pelé pelo Santos

Foi o apagar das luzes para uma nova era no futebol cearense. Pena que o Castelão ainda não estava pronto, senão teria gente pendurada até no fosso. O destino foi pródigo ao reservar justo para Fortaleza o jogo mil de Pelé pelo Santos. Seria contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro de 1972. O jeito foi se acotovelar nas já modestas arquibancadas do PV, no histórico 3 de dezembro.

O Rei ainda nem havia pendurado as chuteiras e já era tratado como maior de todos os tempos. Tricampeão do mundo dois anos antes, dois Mundiais pelo Santos no currículo, reverenciado em todo o planeta num tempo em que a globalização engatinhava. O gol mil da carreira havia sido em 1969 e o jogo mil, em 1971. Para completar a trinca, faltava o milésimo jogo pelo time que o consagrou, feito incrível para um jogador de 32 anos.

A expectativa era enorme, pois Pelé dava sinais de que o fim estava próximo. O jornalista Alan Neto bateu ponto no hotel Savanah, no Centro, em busca de entrevista exclusiva. Conseguiu mais até do que esperava: o anúncio do Rei de que deixaria o futebol em dois anos, cumprido em parte (depois ele jogou mais três anos pelo New York Cosmos, dos EUA). “Foi o maior furo da minha vida”, já definiu diversas vezes Alan Neto, colunista do jornal O Povo.

Um jogo de tal porte merecia gol de Pelé. Como estava no roteiro, ele deixou sua marca, abrindo o placar aos 11 minutos do primeiro tempo. Eufórica, a torcida explodiu de alegria, nem ligando se o gol era contra o próprio time. Na segunda etapa, o Ceará empatou, com Samuel, aos 17 minutos, e virou com Da Costa, aos 30. Era a primeira vitória de um time cearense sobre o Santos do Rei.

Terminado o jogo, começou uma farra, conforme relato de matérias dos jornais da época. Na invasão ao campo, um torcedor ofereceu 10 mil cruzeiros (cerca de R$ 26 mil em valores corrigidos) pela camisa 10. Pelé, acuado, rejeitou a proposta indecente pela relíquia e cobrou das autoridades um estádio que melhor comportasse o futebol cearense. Onze meses depois, em 1973, foi inaugurado o Castelão. Estádio que, infeliz, só teve tempo de receber uma vez em sua história a majestade dos gramados.


CEARÁ 2×1 SANTOS

Campeonato Brasileiro de 1972

Local: Estádio Presidente Vargas (PV)
Data: 3/12/1972
Renda: Cr$ 207.571
Público: 35.752 pagantes (2.321 não-pagantes)
Árbitro: Carlos Costa
Auxiliares: Harri da Costa Ramos e Assis Furtado
Gols: Pelé (11min 1ºT), Samuel (17min 2ºT) e Da Costa (30min 2ºT)

Ceará – Hélio Show; Paulo Tavares, Odélio, Mauro Calixto e Dimas Filgueiras; Edmar e Joãozinho; Nado, Jorge Costa, Samuel e Da Costa. Técnico: Ivonísio Mosca

Santos – Joel Mendes; Turcão, Paulo, Altivo e Murias (Vicente); Léo e Pitico; Roberto Carlos, Afonsinho (Edu), Pelé e Ferreira. Técnico: Pepe

Saiba mais

Você sabia?
Pelé jogou nove vezes contra times cearenses, entre 1959 e 1974. Foram seis jogos no PV, um no Castelão, um no Romeirão, em Juazeiro do Norte, e um no Pacaembu, em São Paulo. O Rei fez seis gols, mas nunca venceu o Ceará, com duas derrotas e um empate.

Linha do tempo
18/7/1959 – Já campeão do mundo, Pelé faz seu 1º jogo na capital cearense, amistoso Fortaleza 2×2 Santos, no PV, com dois gols do Rei.
4/8/1968 – Na entrega das faixas de campeão cearense invicto, o Ferroviário segura um 0x0 contra o Santos de Pelé, no PV.
3/12/1972 – Jogo mil de Pelé por seu time, Ceará 2×1 Santos, no PV, pelo Campeonato Brasileiro.
23/1/1974 – Único jogo de Pelé no Castelão, Fortaleza 1×5 Santos, pelo Brasileiro, com dois gols do Rei e 32 mil pagantes.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Tags

Compartilhe: