Stakecheia

Leaderboard - KTO

Deu a louca

Meu filho pintou camisa com canetinha

A publicitária Ana Elisa Sidrim, de Fortaleza, conta o dia em que seu filho “personalizou” as costas de uma camisa oficial do Barcelona. Com canetinha

PinUp-Bet

melhor site de apostas futebol
Mateus Sidrim Rodrigues, de 7 anos, fez uma "surpresa" no presente da mãe (Acervo pessoal)
Mateus Sidrim Rodrigues, de 7 anos, fez uma “surpresa” no presente da mãe (Foto: Acervo pessoal)

Este texto foi elaborado a partir de depoimento de Ana Elisa ao Verminosos por Futebol.

“Meu filho é louco por futebol desde os 4 anos. Hoje, quase quatro anos depois, Mateus tem 15 camisas de futebol. As primeiras foram do Ceará e da Seleção, depois vieram de times brasileiros e estrangeiros que ele gosta.

As camisas são todas do Beco da Poeira e do Mercado Central [centros comerciais de Fortaleza que vendem blusas piratas]. Como Mateus é pequeno, não faz sentido gastar uma fortuna com camisas que não serão usadas tanto.

> LEIA TAMBÉM

Nos últimos tempos, ele passou a ir a alguns aniversários temáticos de futebol. Então, resolvi comprar uma camisa mais arrumadinha. Escolhi uma oficial do Barcelona, que custou R$ 200. Foi cara, mas achei bonita.

Quando cheguei em casa, porém, Mateus não ficou tão satisfeito. Diferentemente das outras camisas, aquela não tinha número e nome nas costas. Ele comentou isso, mas usou mesmo assim algumas vezes.

Mateus pintou com canetinha o nome e o número de Neymar em camisa do Barcelona (Foto: Acervo pessoal)
Mateus pintou com canetinha o nome e o número de Neymar na camisa (Foto: Acervo pessoal)

Na semana passada, Mateus decidiu resolver o problema. Desde que concluiu o ABC, em 2014, tudo virou espaço para escrever e desenhar. Pois ele pintou com canetinha o nome de Neymar e o número 11 nas costas da camisa.

Como se vê, não ficou muito bom. Por isso, assim que cheguei em casa, Mateus já veio logo falar comigo. Ele sabia que tinha aprontado coisa errada: ‘Mãe, olha o que eu fiz…” Não gostei nada de ver aquilo justo na camisa mais cara dele.

“Não gostei nada de ver aquilo justo na camisa mais cara dele”. (Ana Elisa Sidrim)

Tentei tirar o desenho, usei Vanish, mas nada adiantou. Depois, descobri que Mateus tinha usado caneta de tecido. Ou seja, não vai sair nunca. Quem deu a canetinha foi minha mãe, que inclusive ajudou a fazer o número. ‘Achei que não tinha problema’, ela alegou.

Não briguei, nem dei castigo em Mateus. Uma coisa é certa: ele não vai ganhar uma camisa oficial tão cedo. Pra quem gosta tanto de futebol, será uma bela lição.”

> Ana Elisa Galvão Sidrim, de 34 anos, é publicitária. Mateus Sidrim Rodrigues tem 7 anos.

Clique no link e leia também:

O-dia-em-que-meu-professor-parou-Pele
O dia em que meu professor parou Pelé

2 respostas para “Meu filho pintou camisa com canetinha”

  1. Castigo pra quê?
    Deixa a criança ser feliz, deixa ela poder carregar o nome do seu ídolo nas costas.
    Deixa ela curtir o futebol e aproveitar tudo que ele proporciona.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

    // TV Verminosos

    // Tags

    Compartilhe: