Verminosos por futebol




Deu a louca

Este equatoriano já viajou a 1.000 estádios de 90 países para produzir postais

Gustavo Ramirez Benavides é o maior produtor de cartões postais de estádios no mundo

Gustavo usa drones e voos de helicópteros para fazer fotos aéreas (Foto: Acervo pessoal)
Gustavo usa drones e voos de helicópteros para fazer fotos aéreas (Foto: Acervo pessoal)

Quando ganhou de um amigo um cartão postal do antigo estádio Castelão de Natal, em 1983, o equatoriano Gustavo Ramirez Benavides iniciou uma paixão que o tornou uma referência. Atualmente, o colecionador é o maior produtor de postais de estádios no mundo – a maioria que ele próprio visitou e fotografou. E, acredite, não foi pouca coisa.

Gustavo, arquiteto que vive em Quito, capital do Equador, já conheceu cerca de 1.000 estádios em 90 países para produzir seus postais. Foram todas as nações das Américas, quase todas da Oceania e algumas da Ásia e da Europa. Um giro internacional que pouquíssimas pessoas, mesmo profissionais do futebol, já tiveram o prazer de fazer.

Esta matéria faz parte da série Postais FC. Leia as outras:

Você gosta de colecionar cartões postais de estádios? Você não está sozinho!.
Paranaense tem 6 mil cartões postais de estádios de todos os países do mundo.

Americano comanda o maior site de venda de postais de estádios no mundo.

A produção de postais começou em 1991, quando Gustavo criou a série GRB, com as iniciais de seu nome. Hoje, ela conta com 2.300 edições, com cerca de 1.200 estádios de 150 países. Claro, virou a maior série privada de postais de estádios no planeta, fazendo do equatoriano uma inspiração entre colecionadores do gênero mundo afora.

Inicialmente, Gustavo produzia os postais de futebol com fotos de terceiros. Em 1998, ele passou a viajar para fotografar os estádios. Em 2005, foi além, passando a alugar helicópteros e aviões de pequeno porte nas andanças. “Sobrevoei estádios de todas as capitais das Américas, excluindo Cuba e Guiana Francesa”, conta o arquiteto de 53 anos.

Recentemente, Gustavo adquiriu um drone para as imagens aéreas. Foi uma boa economia, já que o aluguel de avião custava 200 a 300 dólares por hora, enquanto helicópteros variavam de 400 a 800. “Só não tive permissão para usá-lo em Cuba”, lamenta o torcedor do Barcelona de Guayaquil.

“Sobrevoei estádios de todas as capitais das Américas, excluindo Cuba e Guiana Francesa”. (Gustavo Ramirez Benavides)

Casado e pai de duas meninas, Gustavo costuma fazer duas viagens por ano. Isso ficou mais fácil depois que um irmão falecido o deixou como herança, em 2005, um total de 200 mil milhas na Continental Airlines (hoje United Airlines). “Viajei bastante pela Oceania graças a isso”, agradece.

> Números grandiosos:
Postais de estádios com fotos de terceiros: 500; Postais com fotos próprias: 1.000; Postais com fotos próprias aéreas: 800.

https://clubedaposta.com/blog/gamblers-trip-entenda-como-vai-funcionar/?utm_source=parceiro&utm_medium=banner&utm_campaign=gamblers_trip&utm_content=verminosos

Diferentes postais de estádios da série GRB, a maior do gênero no mundo (Foto: Reprodução)
Diferentes postais de estádios da série GRB, a maior do gênero (Foto: Reprodução)

Quanto custa

Os postais da série GRB são vendidos por US$ 0,50, mais custo de frete (que para o Brasil é de US$ 0,30). A venda mínima é de oito unidades, com acréscimo de US$ 50 em caso de carta registrada. Parece pouco, mas Gustavo já negociou 20 mil postais para 20 países, sobretudo Espanha, Itália, França, Alemanha e Brasil.

Em sites especializados, como o Stadium Post Cards, dos Estados Unidos, os postais de estádios da GRB são comercializados por preços a partir de US$ 2, chegando a US$ 50. “Nos primeiros anos os ganhos com venda de postais cobriam as despesas, mas não mais quando caiu o número de colecionadores. Porém continuei por hobby”, sinaliza.

A popularização da internet e da fotografia digital acarretou um baque ao negócio. Se até os anos 90 os postais eram uma rara forma de se obter fotos de estádios, hoje em dia até o mais obscuro campo de jogo oferece diversas opções numa simples busca no Google. “A emissão de postais de estádios caiu cerca de 80%”, calcula Gustavo.

> Entenda:
Os postais de estádios da série GRB eram feitos inicialmente nas medidas 15cm x 10cm, mas depois foi adotado o tamanho internacional, de 15cm x 10,5cm.

Gustavo alugava helicópteros e aviões para fazer fotos aéreas (Foto: Acervo pessoal)
Gustavo alugava helicópteros e aviões para fazer fotos aéreas (Foto: Acervo pessoal)

Coleção gigante

Favorecido por sua produção particular, Gustavo reuniu ao longo de três décadas e meia uma coleção grandiosa com 7 mil cartões postais de cerca de 3 mil estádios de 180 países, guardados com cuidado em lâminas plásticas com 6 unidades por folha. No total, seu arquivo fotográfico possui 15 mil imagens de 5 mil estádios.

“É difícil saber se esta é a maior coleção do mundo, porque existem muitos colecionadores, principalmente nos Estados Unidos, onde há muitos estádios de futebol americano e beisebol”, pondera Gustavo. Certamente, é uma das maiores. E tudo começou com um estádio de Natal que mudou de nome, e que depois acabou reconstruído completamente.

Serviço:

Como comprar cartões postais da série GRB:
Diretamente com Gustavo – guscards2008@hotmail.es.
Ou através do site Stadium Post Cards.

Leia as matérias da série Postais FC:

Você gosta de colecionar cartões postais de estádios? Você não está sozinho!.
– Paranaense tem 6 mil cartões postais de estádios de todos os países do mundo.

– Este equatoriano já viajou a 1.000 estádios de 90 países para produzir postais.
– Americano comanda o maior site de venda de postais de estádios no mundo.

> FICA LIGADO!

A série Postais FC tem oferecimento do projeto Gamblers Trip, do site Clube da Aposta. Você quer ganhar uma Harley-Davidson? Acompanhe a aventura de pai e filho de Cascavel (PR) que percorrerão 10 mil km de moto pelo país para ver 11 jogos das Séries A e B do Campeonato Brasileiro.

Quem acertar mais resultados em desafio no site Betfellows, durante os dias 6/10 e 2/12, ganhará uma das motos que serão usadas por Antônio e Roberto Tavares. Se 2 mil pessoas participarem do desafio, o 2º colocado ficará com a outra moto.

Ainda haverá premiações em dinheiro de R$ 250 a R$ 2.000 para as cinco pessoas que indicarem mais conhecidos para o desafio. Os prêmios serão bancados pela casa de apostas online 188Bet, parceira do Clube da Aposta no Gamblers Trip.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: