Verminosos por futebol




Carrinho de compras

Lançada miniatura de cadeira do Olímpico

A novidade foi lançada ao preço de R$ 79,90. A peça é sete vezes menor do que a original

Miniatura-de-cadeira-do-Gremio (1)
O Grêmio terá miniatura de cadeiras do estádio Olímpico (Foto: Divulgação)

Os gremistas têm especial apreço ao estádio Olímpico. Por isso, a mudança para a Arena Grêmio, em 2013, após mais de meio século de uso, foi carregada de emoção. Centenas de artigos do estádio acabaram leiloados. Agora, o torcedor pode levar para casa uma peça única no Brasil, quiçá no mundo: uma miniatura de cadeira do estádio.

A novidade foi lançada ao preço de R$ 79,90. A peça, sete vezes menor do que a original, possui 17cm de altura, incluindo a base que faz referência ao concreto da arquibancada. O material é de ABS, plástico de alta densidade. “Levamos quatro meses para desenvolvê-la”, explica o empresário Victor Barreto, proprietário da Tatu-Bola.

Foi a empresa dele que coordenou o leilão das peças do estádio. Quando decidiu vender o terreno para uma construtora, em troca da futura Arena do Grêmio, o clube lançou o projeto “Meu Pedaço do Olímpico”. Seria uma série de leilões de artigos do estádio, presenciais e online. Foi um sucesso, com o site recebendo 1 milhão de acessos, de cerca de 100 países.

“Ao longo deste um ano de leilões, presenciamos situações comoventes”. (Victor Barreto)

Foram comercializados itens como placas de sinalização, painéis, pôsteres, catracas e até os bancos de reservas, todos com certificado de autenticidade. Um dos artigos mais requisitados foram as cadeiras do Olímpico, instaladas na ocasião de sua inauguração, em 1954, quando o Grêmio já completava meio século de história.

O espaço das cadeiras, área nobre do estádio, era conhecido como “Pavilhão”. As peças mais caras, restauradas, chegaram a ser vendidas por R$ 500. “As cadeiras se tornaram objetos de desejo para muitos gremistas e, inclusive, para alguns que sequer têm qualquer relação com o clube”, relata Victor.

Foi a partir desse interesse que nasceu a ideia da miniatura da cadeira do Olímpico. Com o produto, estaria resolvido o problema de logística e espaço para se transportar e manter em casa uma peça grande e pesada, feita de ferro. “Fizemos uma pesquisa de mercado, mas não encontramos nada similar”, conta o empresário.

Miniatura-de-cadeira-Olimpico (1)
Em 1953 foi lançada a campanha para venda das cadeiras cativas no estádio, que já tinha suas obras iniciadas (Fotos: Divulgação)

Como a paixão não deve estar à frente da razão, Victor agora trabalha o mesmo produto para o Internacional. “Sobretudo no Rio Grande do Sul, a polarização há de ser respeitada”, registra o gremista. Com isso, a miniatura licenciada das antigas cadeiras do Beira-Rio deve ser lançada até abril, antes da reinauguração da arena colorada para a Copa do Mundo.

Nascido no Rio de Janeiro, Victor se mudou para Porto Alegre ainda criança, com os pais, e logo descobriu a paixão pelo Grêmio. Atualmente com 42 anos, ele sabe bem que o Olímpico se tornou um templo do futebol em função das alegrias e tristezas vividas ali. No momento os torcedores se preparam para um adeus definitivo, com a desocupação e implosão em 2014.

“Minha intenção é fazer com que o Olímpico continue vivo na memória e na vida dos gremistas, inclusive daqueles que ainda não têm idade para compreender o verdadeiro significado desta paixão”, divaga. Talvez somente um gremista entenda o que tudo isso representa.

Venda da miniatura de cadeira do Olímpico:
Grêmio.net e Grêmio Mania

Site do Meu Pedaço do Olímpico:
www.meupedacodoolimpico.com.br


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: