Papo sério

Grandes clubes de futebol do Brasil estão muito engajados nos eSports

A popularidade dos esportes eletrônicos no país atraiu o interesse de grandes clubes do futebol

O Brasil é o 3º país no ranking mundial de maiores audiências nos eSports (Foto: Flickr)
O Brasil é o 3º país no ranking mundial de maiores audiências nos eSports (Foto: Flickr)

País com maior número de entusiastas em eSports (esportes eletrônicos) na América Latina, o Brasil caminha rapidamente para se tornar uma das principais potências de esportes eletrônicos no mundo. Para se ter ideia, segundo a Newzoo (empresa de pesquisa que se dedica aos esportes eletrônicos em estudos globais), o Brasil é o terceiro país no ranking mundial de maiores audiências nos eSports.

Essa grande popularidade dos esportes eletrônicos no país atraiu o interesse de grandes clubes do futebol nacional, que passaram a investir recursos em novas equipes de eSports. Sendo assim, utilizando a paixão de seus torcedores para obter grandes números de audiência em torneios e patrocínios nos esportes eletrônicos, Flamengo, Santos e Corinthians são importantes exemplos de clubes vitoriosos do futebol brasileiro que têm conseguido êxito nos eSports.

Flamengo nos eSports

Clube de maior torcida no Brasil, o Flamengo é uma marca gigantesca dentro do futebol brasileiro e é o time que mais arrecada recursos financeiros no país. Em 2017, o Flamengo resolveu levar um pouco de sua popularidade e sucesso alcançado nos gramados para o mundo virtual por meio dos esportes eletrônicos.

O Rubro-Negro Carioca entrou nos eSports com o propósito de se tornar uma grande potência na modalidade League of Legends (LoL). Jogo multijogador online de arena de batalha, o LoL é um dos principais mercados do setor de esportes eletrônicos. Não por acaso, o Campeonato Mundial de League of Legends está entre as principais premiações dos eSports.

No começo de sua trajetória nos esportes eletrônicos, a equipe Flamengo eSports teve que começar na segunda divisão do LoL nacional, que é conhecido como Circuito Desafiante. Sendo assim, até alcançar a elite da modalidade no país, o Flamengo passou por diversos testes para se provar como uma grande equipe no mundo virtual.

No ano passado, a equipe conquistou o seu primeiro título de Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL), batendo a equipe INTZ de virada, por 3 a 2. A conquista, além de ter elevado o patamar do Flamengo no LoL nacional, lavou a alma do torcedor flamenguista na modalidade – o time vinha dois vice-campeonatos no CBLoL.

Flamengo, Santos e Corinthians têm conseguido êxito nos eSports (Foto: Flickr)
Flamengo, Santos e Corinthians têm conseguido êxito nos eSports (Foto: Flickr)

Como campeão brasileiro de 2019, o Flamengo ganhou uma vaga para disputar o Campeonato Mundial de League of Legends do mesmo ano. Mas o time não teve boa participação na competição internacional e venceu apenas um confronto em cinco disputados.

Seguindo a mesma receita de sucesso no LoL, agora o Flamengo também pretende se tornar uma potência no jogo Free Fire – battle royale da Garena, que é o game de smartphone mais jogado no Brasil atualmente. A ideia da direção de marketing do Rubro-Negro Carioca é colocar o time de eSports na Série A da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) na próxima temporada.

Santos nos eSports

Uma das mais tradicionais equipes do futebol sul-americano e mundial, o Santos é dono de uma história riquíssima no esporte. Porém, dentro dos eSports o Santos não ainda goza do mesmo prestígio que tem no futebol – apesar de caminhar a passos largos para se tornar uma potência nos esportes eletrônicos nacional.

A história do time da Baixada Santista nos eSports começou em 2018, com investimento em duas modalidades: CS GO e LoL. Enquanto que o projeto de CS GO ainda não emplacou, a equipe de LoL santista tem tido bons resultados no cenário brasileiro.

Em maio deste ano, a equipe de LoL do Santos venceu o Circuito Desafiante. O título deu ao time santista uma vaga na elite da modalidade no país, o Campeonato Brasileiro de League of Legends.

O Santos também tem apresentado bons resultados no Free Fire. Em março deste ano, o time da Baixada Santista garantiu uma vaga para a Série A da Liga Brasileira de Free Fire, após vencer o primeiro split da Série C.

Corinthians nos eSports

Assim como o Flamengo e o Santos, o Corinthians é uma das instituições mais vitoriosas do futebol brasileiro, além de contar com uma torcida bastante apaixonada. Quando o assunto são eSports, a história do Corinthians nos esportes eletrônicos começou apenas em 2017, com equipes em quatro modalidade no início de sua trajetória: League of Legends, Heroes of the Storm, World of Tanks e Rainbow Six: Siege.

Mas em foi em outra modalidade que o Corinthians conseguiu conquistar a sua maior façanha nos eSports. Em novembro do ano passado, o Alvinegro foi campeão mundial de Free Fire.

Segundo o site oficial do Corinthians, o Timão foi o primeiro clube de futebol do mundo a ingressar oficialmente no Free Fire. “O lançamento põe o Corinthians em posição de destaque no mercado de eSports e reforça a estratégia do clube de abrir novas frentes de negócios e receitas”, afirma Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, em declarações ao site do clube.

Além do sucesso no Free Fire, o Corinthians tem ido muito bem no automobilismo virtual. Vale destacar que um dos representantes do Corinthians na modalidade em 2020 é o piloto Tony Kanaan, campeão da Fórmula Indy em 2004.


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Tags

Compartilhe: