Verminosos por futebol




Papo sério

Futebol de Paris não se resume ao PSG

Quem disse que a capital francesa não tem clássicos? Saiba mais sobre o futebol da cidade

Duelo entre Red Star e Paris FC, na 3ª divisão francesa. Há vida além do PSG no futebol de Paris (Foto: Divulgação)
Duelo Red Star x Paris FC, na 3ª divisão francesa. Há vida além do PSG em Paris (Foto: Divulgação)

A França é um raro país da Europa que não possui um clássico em sua capital. Bem, pelo menos não um duelo de alto nível. Porque o futebol de Paris não se resume ao Paris Saint Germain, o PSG, que sonha em se tornar um gigante mundial. Há outros clubes na cidade. E, considerando-se a região metropolitana, existem pelo menos 50 times, dentre profissionais, semiprofissionais e amadores.

Verminosos por Futebol lista outros clubes tradicionais, como Red Star, Racing Club e Stade Français, que formaram o trio de forças da cidade no início do século passado, bem antes do surgimento do PSG. O primeiro disputa atualmente a 3ª divisão francesa, onde rivaliza com o Paris FC, outro clube local, que por sinal chegou a dividir camisa com o PSG.

Nem os franceses entendem direito os motivos da existência de somente um grande time em Paris, uma cidade com 2,2 milhões de habitantes. “Não há uma razão clara. Infelizmente, a França não é a terra do futebol”, arrisca o designer francês Sylvain Cotte, o SLip, famoso por seus trabalhos boleiros.

Esse panorama de supremacia perdura há quatro décadas. “Houve uma tentativa com o Racing nos anos 80, mas sem torcida no estádio, o projeto não foi para frente”, aponta SLip. Em parte, a culpa por isso é da própria mídia. “Só veículos especializados falam do jogo Red Star x Paris FC”, exemplifica.

Dentre os 50 times da Grande Paris listados, quatro são equipes B, incluindo de PSG, Red Star e Paris FC. Além deles, saiba abaixo quais os demais clubes metropolitanos. E entenda a pirâmide do futebol da França, que conta com… 6 mil times em 18 divisões. Imagina se o povo francês fosse apaixonado por futebol!

“Não há uma razão clara”. (Sylvain Cotte, o SLip, sobre a existência de só um grande clube em Paris)

Red-Star-escudo
RED STAR 93

Nome: Red Star Football Club 93.
Fundação: 21/2/1897.
Endereço: 92, rue du Docteur Bauer, 93400, Saint-Ouen, Grande Paris.
Estádio: Stade Bauer (10 mil lugares).
Material esportivo: Adidas (em 2014/15).
Red-Star-1Red-Star-2Red-Star-3
Competição: 3ª divisão.
Títulos: 2 da 2ª divisão (1933/34 e 1938/39), 5 da Copa da França (1920/21, 1921/22, 1922/23, 1927/28 e 1941/42) e 1 do Regional de Paris (2004/05).
Site: www.redstar.fr.
Histórico: Antes do surgimento do PSG, formava o trio de forças da capital com Racing Club e Stade Français, que hoje estão em divisões inferiores. Sua última vez na elite foi em 1974/75.
Curiosidade: Foi fundado por Jules Rimet, que alguns anos depois comandaria a Fifa e criaria a Copa do Mundo. Sua torcida é formada por militantes de esquerda, em contraposição ao PSG, que possui a adesão de grupos de extrema-direita.

Público, o estádio Bauer, em Saint-Ouen, distrito de Paris, é usado pelo Red Star desde 1909. E sediou jogos de futebol da Olimpíada de 1924 (Foto: Divulgação)
Público, o estádio Bauer é usado pelo Red Star desde 1909. E sediou a Olimpíada de 1924 (Foto: Divulgação)

Paris-FC-escudo
PARIS FC

Nome: Paris Football Club.
Fundação: 1/8/1969.
Endereço: 17 rue Neuve Tolbiac, 75013, Paris.
Estádios: Sébastien Charléty (20 mil lugares).
Material esportivo: Nike (em 2014/15).
Paris-FC-1Paris-FC-2Paris-FC-3
Competição: 3ª divisão.
Títulos: 1 do Regional de Paris (1988/89).
Site: www.parisfootballclub.com.
Histórico: Fundiu-se ao St. Germain para formar o PSG em 1970, mas em 1972 divorciou-se e adotou o nome original. Em 1983, fundiu-se ao Racing Club. Em 1996, voltou a se chamar Paris FC.
Curiosidade: Mantém rivalidade com o Red Star, que vem enfrentando todos os anos na 3ª divisão desde 2011. Contra o PSG, só fez dois jogos oficiais, na última vez que disputou a elite, em 1978/79.

O estádio Sébastien Charléty faz parte de complexo esportivo mantido pelo governo (Foto: Divulgação)
Estádio Sébastien Charléty faz parte de complexo mantido pelo governo (Foto: Divulgação)

Racing-Club-escudo
RACING DE PARIS
Nome: Racing Club de France Colombes 92.
Fundação: 1882.
Endereço: Stade Yves-du-Manoir, 92700, Colombes, Grande Paris.
Estádio: Yves-du-Manoir (7 mil lugares).
Material esportivo: Nike (em 2014/15).
Racing-Club-1Racing-Club-2Racing-Club-3
Competição: 6ª divisão.
Títulos: 1 da 1ª divisão (1935/36), 1 da 2ª divisão (1985/86), 5 da Copa da França (1935/36, 1938/39, 1943/44, 1944/45 e 1948/49) e 1 do Regional de Paris (1972/73).
Histórico: Formou a trinca de forças do futebol de Paris, junto com Red Star e Stade Français, mas perdeu representatividade. Desde 1990, já caiu cinco divisões. Hoje, é mais conhecido pelo time de rúgbi union, sendo cinco vezes campeão francês.
Curiosidade: Já tendo contado com jogadores de grande nível como Littbarki e Francescoli, chegou a vencer a seleção brasileira por 2 a 0, em amistoso em Paris, em 1963. Inspirou o nome do Racing Club, um dos cinco grandes do futebol argentino.

Mais conhecido como Colombes, o estádio público sediou os Jogos Olímpicos de 1924 e a final da Copa do Mundo de 1938 (Foto: Divulgação)
O estádio público de Colombes sediou a Olimpíada de 1924 e a final da Copa de 1938 (Foto: Divulgação)

Stade-Francais-escudo
STADE FRANÇAIS
Nome: Stade Français Club Athlétique des Sports Généraux.
Fundação: 1883 (divisão de futebol em 1900).
Endereço: 2 rue du Commandant Guilbaud, 75016, Paris.
Estádio: Haras Lupin, em Vaucresson, na Grande Paris.
Stade-Francais-1Stade-Francais-2Stade-Francais-3
Competição: 14ª divisão francesa.
Títulos: 1 da 2ª divisão (1951/52) e 1 do Regional de Paris (1978/79).
Site: www.stadefrancais.com/football.
Histórico: Fez parte do trio de forças do futebol parisiense, ao lado de Red Star e Racing Club, mas perdeu muito espaço no futebol, em contraposição ao rúgbi, modalidade em que é 13 vezes campeão francês. Sua última vez na elite foi em 1966/67.
Curiosidade: O time de futebol recebeu o Paulistano de Friendenreich em 1925, sendo goleado por 7 a 1. Já o de rúgbi chegou a contar no fim do século 19 com Paulo do Rio Branco, filho do Barão do Rio Branco, o patrono da diplomacia, sendo o primeiro brasileiro a se tornar jogador de nível internacional na modalidade.

Longe do futebol profissional, o Stade Français passou a se dedicar ao trabalho de categorias de base (Foto: Divulgação)
Distante do profissionalismo, o Stade Français se dedicou ao trabalho de base (Foto: Divulgação)

 PSG-escudo
PSG

Nome: Paris Saint-Germain Football Club.
Fundação: 12/8/1970.
Endereço: 24, rue du Commandant-Guilbaud, 75016, Paris.
Estádio: Parc des Princes (48 mil lugares).
Material esportivo: Nike (2014/15). * Abaixo, uniformes de 2013/2014
PSG-1PSG-2PSG-3
Competição: 1ª divisão.
Títulos: 4 da 1ª divisão (1985/86, 1993/94, 2012/13 e 2013/14), 1 da 2ª divisão (1970/71), 8 da Copa da França (1981/81, 1982/83, 1992/93, 1994/95, 1997/98, 2003/04, 2005/06 e 2009/10) e 1 Recopa Europeia (1995/96).
Site: www.psg.fr.
Histórico: Foi formado por um grupo de parisienses que desejava um time forte, a partir da união do St. Germain com o Paris FC. Dois anos depois, o Paris FC desfez a parceria, iniciando um processo de queda, enquanto o PSG cresceu em prestígio. Em 2011, foi comprado por um grupo do Qatar, que deseja torná-lo um gigante mundial.
Curiosidade: Apesar de ser controlado por um grupo estrangeiro e de historicamente possuir um grande número de gringos no elenco, sobretudo sul-americanos e africanos, o clube tem na torcida grupos de extrema-direita branca nacionalista. Entre seus ídolos estão muitos brasileiros, como Ronaldinho, Raí, Leonardo e Thiago Silva.

Como com a construção do Stade de France, no distrito de St. Denis, preferiu seguir jogando no estádio de Paris (Foto: Divulgação)
Mesmo com a construção do Stade de France, o PSG preferiu seguir no Parc des Princes (Foto: Divulgação)

50 times da Grande Paris em 2014/15:

1ª divisão – PSG.
2ª divisão
– US Créteil-Lusitanos.
3ª divisão – Red Star e Paris FC.
4ª divisão – FCM Aubervilliers, JA Drancy, US Fleury-Mérogis, US Ivry, FC Mantois 78, Entente Sannois, Saint-Gratien, ES Viry-Châtillon e PSG B.
5ª divisão – UJAM Paris, AC Boulogne-Billancourt, Évry FC, Olympique Noisy-le-Sec, Paris FC B, AS Poissy, Sainte-Geneviève Sports, AS Saint-Ouen-l’Aumône, US Sénart-Moissy e Villemomble Sports.
6ª divisão – Racing Club, Blanc-Mesnil Sport Football, AF Bobigny, US Créteil-Lusitanos B, FC Issy-les-Moulineaux, FC Gobelins, FC Les Lilas, OFC Les Mureaux, CO Les Ulis, US Lusitanos Saint-Maur, FC Melun, FC Plessis-Robinson, Red Star B e FC Versailles 78.
Divisões regionais e distritais – Stade Français, AS Corbeil-Essonnes, RC Fontainebleau, AS Le Perreux, Francilienne 94, Levallois SC, Le Mée SF, USM Malakoff, CS Meaux Academy, CAP Charenton, CA Paris, Olympique de Paris e FC Saint-Leu.

Entenda a pirâmide do futebol francês:

1ª divisão (Ligue 1) – 20 clubes.
2ª divisão (Ligue 2) – 20 clubes.
3ª divisão (National) – 18 clubes.
4ª divisão (CFA) – 4 grupos de 16 clubes cada.
5ª divisão (CFA2) – 8 grupos de 14 clubes cada.
6ª divisão (Division d’Honneur) – 22 ligas de 14 clubes cada (salvo exceções).
7ª divisão (Division d’Honneur Régionale) – 22 ligas regionais, com um ou dois grupos de 10 a 28 clubes.
8ª divisão (Promotion d”Honneur) – 22 ligas regionais, com um ou dois grupos de 10 a 28 clubes.
9ª divisão (Promotion Ligue) – 22 ligas regionais, com um a quatro grupos de 10 a 48 clubes.
10ª divisão (Division d’Excellence) – 101 ligas distritais de 10 a 12 clubes.
11ª divisão (Première Division) – 101 ligas distritais, com um ou dois grupos de 10 a 24 clubes.
12ª divisão (Promotion de Première Division) – 101 ligas distritais, com um a quatro grupos de 10 a 48 clubes.
13ª a 18ª divisões – Subdivisões das ligas equivalentes a 12ª divisão.

Imagens deste post: Pari et Gagne

Veja o clima alternativo do duelo Paris FC x Red Star:

Leia também:

E-se-a-Ligue-1-liberasse-tabaco-e-alcool
www.verminososporfutebol.com.br/dica-cultural/e-se-a-ligue-1-liberasse-tabaco-e-alcool


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Instagram

// Tags

Compartilhe: