https://apostasfc.com/melhores-casas/bet365/?utm_source=verminosos&utm_medium=bet365&utm_campaign=agosto

Deu a louca

Brasileiro torce pelo Roda, da Holanda

É da capital cearense talvez o único brasileiro torcedor do modesto clube holandês

Germano Vale Filho tem paixão alternativa para um brasileiro: o Roda JC (Foto: Acervo pessoal)
Germano Vale Filho tem paixão alternativa para um brasileiro: o Roda JC (Foto: Acervo pessoal)

Se você encontrar nas ruas de Fortaleza um rapaz com uma camisa do Roda JC, é possível que não seja um turista da Holanda. É da capital cearense talvez o único brasileiro torcedor do modesto clube holandês, campeão nacional uma única vez, há seis décadas. Essa é a história do advogado Germano Vale Filho, de 35 anos.

A paixão começou em 2001, no game Total Club Manager, atual Fifa Manager. Louco pelo futebol holandês desde a infância, a ponto de preferir a seleção laranja mesmo diante da brasileira, Germano jogava com o time de Kerkrade. “Achava mais autêntico torcer por ele do que pelos grandes – Ajax, PSV e Feyenoord”, registra o cearense.

> LEIA TAMBÉM

A alternatividade exagerada acaba gerando empecilhos. Na televisão, só é possível ver eventuais jogos do Roda no Campeonato Holandês aos domingos de manhã, e nas ocasiões em que o Roda enfrenta os três grandes. “Vejo os gols por vídeos postados por fãs do time no Youtube ou no Facebook”, aponta.

Relacionar-se com outros brasileiros com a mesma paixão também é um desafio. “No Brasil, é raro encontrar um fã do Roda. Que eu saiba, sou o único”, indica. “Camisas do Roda, então, só tenho conhecimento das minhas. Nunca vi camisas do time para vender, nem mesmo em lojas especializadas”, ilustra.

Camisas de Germano Vale Filho chamam a atenção quando vistas por holandeses (Foto: Acervo pessoal)
As camisas de Germano chamam a atenção quando vistas por holandeses (Foto: Acervo pessoal)

Germano possui três camisas – uma quarta, repetida, foi presenteada a um amigo. Para comprá-las, foi difícil. A primeira, ele achou no Ebay, em 2004, com o irmão de um jogador, Pierre Vermeulen. As demais adquiriu numa loja online holandesa, entre 2006 e 2009. “Mesmo em Amsterdã meus amigos que viajam não encontram”, conta.

O torcedor ainda não pôde assistir a um jogo do Roda no estádio. Os planos são para 2017/2018. “Kerkrade é próxima de Colônia (cerca de 80 km), onde um amigo mora e já me convidou algumas vezes para ir lá e dar uma chegada na cidade holandesa, que fica bem na fronteira”, relata o cearense, sócio-torcedor de Fortaleza e São Paulo e também fã do Arsenal.

“No Brasil, é raro encontrar um fã do Roda. Que eu saiba, sou o único”.

Por enquanto, Germano vai se divertindo com encontros com holandeses em sua terra. A situação mais engraçada aconteceu na Copa do Mundo de 2014, quando Fortaleza recebeu o jogo Holanda x México, e o torcedor do Roda foi com a camisa do time à fanfest na Praia de Iracema. A blusa alternativa, claro, atraiu um curioso.

“Um rapaz chegou conversando em holandês, respondi-lhe em inglês que não falava a língua e que era brasileiro. A reação dele foi impressionante: ‘No fucking way you’re brazilian, man! No fucking way!! How did you get that shirt?!‘ Nem precisa de tradução.

Perfil do clube:

Nome: Sportvereniging Roda Juliana Combinatie Kerkrade
Fundação: 27/6/1962
Estádio: Parkstad Limburg (19 mil lugares), em Kerkrade
Títulos: 1ª divisão holandesa (1955/56), 2ª divisão (1972/73) e Copa da Holanda (1996/97 e 1999/00)
Site: www.rodajc.nl

Clique no link e leia também:

Brasileiro-tem-colecao-do-Hull-City
Brasileiro tem coleção do Hull City

3 respostas para “Brasileiro torce pelo Roda, da Holanda”

  1. Atípica paixão, muito legal! Infelizmente não possuo ainda a camisa do Roda (tenho a dos 3 grandes, RKC Waalwijk e Vitesse Arnhem). Mas curiosamente, quando fiz meu time de botão do referido clube da reportagem acima, meu atual campeão holandês de botão, utilizei fotos em preto e branco de uma propaganda para rodas de magnésio que veio no jornal, só alguns anos depois é que adquiri os escudos via internet. Bom, sou Fluminense e também tenho simpatia por vários outros clubes do Brasil e do mundo, posso dizer que tenho um em cada local para torcer; na Holanda, por exemplo, sou PSV.

  2. Bacana a simpatia do rapaz por um clube holandês. Mas dizer que é torcedor? Depois de todas as loas tecidas ao simpático Roda, descobrimos que ele é “sócio-torcedor do Fortaleza e São Paulo e simpatiza com o Arsenal”. Como ele consegue se dividir entre tantos times? Tema para uma próxima reportagem.

    • Obrigado pela mensagem, Julio. Como diria a propaganda da Penalty, paixão não se explica, se sente. Existe uma polêmica grande se alguém pode torcer de verdade por mais de um time. A meu ver, sim. Mas cabe uma reportagem sim, para tentar responder. Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Tags

Compartilhe: