Deu a louca

Argentino coleciona camisas rubro-negras

Seu guarda-roupa conta com 164 peças rubro-negras, de 150 clubes diferentes de 100 países

Fidel Voglino tem 164 camisas de times com listras verticais rubro-negras, de 100 países (Foto: Acervo pessoal)
Fidel Voglino tem 164 camisas de times com listras verticais rubro-negras (Foto: Acervo pessoal)

Torcedor do San Lorenzo de Mar del Plata, um pequeno time da Argentina, Fidel Voglino levou à máxima potência a paixão por camisas com listras verticais rubro-negras. O aposentado coleciona blusas de futebol com essas características. Ao todo, seu guarda-roupa conta com 164 peças, de cerca de 150 clubes diferentes de 100 países. Todas em vermelho e preto.

A mania começou em 2002, quando passou a colecionar camisas do San Lorenzo (não confundir com o time do papa Francisco). De lá pra cá, Fidel foi em busca de blusas de outros clubes com listras verticais rubro-negras. Assim, incluiu Milan, Bayer Leverkusen, Honved, Atlético-PR e Vitória, além de diversos argentinos, como Conselho, Defensores de Belgrano e Douglas Haig.

> LEIA TAMBÉM

Em breve, Fidel deve ficar com opções reduzidas de clubes com listras rubro-negras. Tanto que, na coleção, já há camisas de times de ligas bem alternativas, como Brunei, Tailândia, Panamá e Nicarágua. “Todas elas precisam ter o padrão do meu clube”, explica o argentino de 72 anos, que já chegou a ganhar uma camisa enviada pelo presidente do Atlético-PR.

A mania de Fidel Voglino começou em 2002, com camisas do San Lorenzo de Mar del Plata (Foto: Acervo pessoal)
A mania começou em 2002, com camisas do San Lorenzo de Mar del Plata (Foto: Acervo pessoal)

Fidel já viveu muitas outras situações curiosas na busca por ampliar o acervo vermelho e preto. Certa vez, o colecionador pediu uma camisa do San Lorenzo a um jogador que encontrou na sede do clube, mas o rapaz disse que a blusa havia sido prometida a sua mãe, por ter sido aquele o último jogo antes de sua mudança para o futebol da Espanha.

“Eu compreendi, claro que com tristeza. Apesar disso, depois nos reencontramos, então ele me deu um saco e disse: ‘Toma isso para ti, pois minha mãe entendeu que você é mais merecedor do que ela'”, relata Fidel, vizinho do clube que hoje disputa uma divisão regional argentina. “Sempre que conto essa história, meus olhos ficam marejados”.

“Não faço ideia de qual país tem mais times com listras verticais rubro-negras, mas por uma razão óbvia, minha coleção conta com um maior número da Argentina”. (Fidel Voglino)

Na coleção, há uma regra: não entram blusas com listras horizontais, caso do Flamengo, por exemplo. “Só compro camisas com listras verticais”, indica o colecionador. “Minha família não reclama do meu hobby”, garante. Talvez porque Fidel não veste suas camisas rubro-negras por aí. Imagina como seria esquisito se ele usasse sempre as mesmas cores e listras…

Confira a coleção de Fidel Voglino:
micolecciondefutbol.es.tl

Clique no link e leia também:

Familia-de-Zicomengo-sonha-rever-Zico
www.verminososporfutebol.com.br/deu-a-louca/familia-de-zicomengo-sonha-rever-zico


// Categorias

// Histórico de Publicações

// As mais lidas

Quer ser o primeiro a receber nossas novidades por e-mail?

// TV Verminosos

// Tags

Compartilhe: